A virgem fria e outros contos, de Jørn Riel

Riel_Froide

É tão difícil para um leitor experiente surpreender-se com um livro como o é para um viajante experiente surpreender-se com um novo lugar. Em ambos os casos, é preciso ir cada vez mais longe para se chegar ao inesperado. E que lugar é, afinal, mais longe que a Groenlândia?

Depois de muito procurar, parecia-me que encontrar um livro groenlandês seria uma tarefa beirando o impossível: se quase nada do pouco que é escrito na ilha gigante ao norte do mundo encontra-se traduzido do groenlandês para o dinamarquês, que dirá para outras línguas mais acessíveis? Ao fim e ao cabo, pareceu-me que um autor nascido na Dinamarca, mas que passou boa parte de sua vida (16 anos) numa base científica no norte do país habilitava-se bem ao quesito. Afinal de contas, embora haja vida no topo do mundo, trata-se normalmente de gente de passagem: das cerca de 50 mil pessoas que vivem na Groenlândia (0,03 por m2!), poucas, bem poucas nasceram efetivamente na ilha.

A virgem fria e outros contos consiste numa peculiar compilação de uma dezena de histórias, todas elas em torno das mesmas personagens: um grupo de caçadores e aventureiros habitando o inóspito norte da Groenlândia. Embora obviamente não existam habitantes nativos nesses confins, eles são aquilo que mais facilmente poderíamos chamar de “homens do ártico”, uma vez que sua origem e seu passado parecem não ter a menor importância neste espaço no qual tempo e espaço encontram-se em suspensão. Trata-se de histórias divertidas, inteligentes, mas sobretudo humanas, centradas muito menos em atos extraordinários ou feitos memoráveis, e mais na banalidade de um cotidiano totalmente fora do nosso normal.

Nesse universo de gelo, a solidão e o isolamento extremo fazem com que as regras do mundo “civilizado” deem lugar a uma série de códigos próprios, adaptados para melhor servir ao ambiente inóspito em que vivem. Mais surpreendente chega a ser o fato de que, em vez de constituírem comunidades, estes homens prefiram o isolamento, chegando a habitar sozinhos por meses a fio em um fiorde perdido no meio do nada, acompanhados dos ursos polares, raposas e focas que caçam para sobreviver. Quando se cansam de sua solidão – ou por exemplo quando sofrem pela perda de um galo de estimação –, empreendem viagens de semanas até chegar ao próximo vilarejo de um único habitante, onde entretêm-se a esvaziar a alma e a embebedar-se até cansarem de companhia e preferirem o silêncio do monólogo interior. Quando falece um companheiro, podem amarrar o cadáver sentado a um trenó e sair passeando com ele numa espécie de cortejo funerário festivo por semanas a fio. Quando se apaixonam, é por mulheres inventadas pela imaginação de um eventual companheiro, com quem conviverão num mundo inventado beirando a loucura. E quando decidem adotar os parâmetros da civilização, construindo por exemplo uma latrina, quase terminam arruinados, de tão habituados a viverem fora dela.

Ao longo de 150 páginas, Jørn Riel dá-nos a conhecer um universo tão inimaginável que poderia se tratar de ficção científica, mas ao mesmo tempo tão humano que nos remete ao mais íntimo que há em nós. Um universo que merece ser descoberto – nem que seja por meio da leitura –, e que de tão apaixonante até se tornou história em quadrinhos:

PlancheA_95235.jpg

PS: Antes mesmo de terminar a leitura, eu já tinha ido espiar os preços de voos para a Groenlândia! Alguém se habilita a me acompanhar?

 

Título original: Den kolde jomfru og andre skrøner

País: Groenlândia

Idioma original: dinamarquês

Ano de publicação: 1973

Edição em português: não encontrada

Título francês: La virge froide et autres racontars

Edição francesa: Domaine Étranger (ISBN 978-226-4022-94-3)

Número de páginas: 157 (edição francesa)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s